faq

Oferecemos-lhe em seguida uma seleção das perguntas e respostas mais frequentes sobre a Unidade de Vidro Isolante (UVA), a garantia dos vidros duplos, certificações de qualidade e questões técnicas relativas ao vidro.

SOBRE IDENTIFICAÇÃO E A MARCA GUARDIAN

COMO É QUE POSSO IDENTIFICAR O MEU VIDRO GUARDIAN SUN, CLIMAGUARD OU SUNGUARD NUMA JANELA?

Existem no mercado sistemas de deteção de camadas tratadas no vidro que podem ajudar a identificá-las. Qualquer profissional dispõe deste tipo de detetor. Também dispõe desta informação na etiqueta de marcação CE e na Declaração de Prestações que o fabricante lhe forneceu com o seu vidro ou janela. Esta corresponde ao regulamento europeu sobre produtos de construção, que certifica a composição do vidro duplo ou triplo. Para mais informações, pressione aqui.

QUAL A DIFERENÇA DOS VIDROS DUPLOS GUARDIAN SELECT EM RELAÇÃO AOS DE OUTRAS MARCAS DO MERCADO?

A Guardian Glass, através do seu programa de marca Guardian Select, seleciona os melhores fabricantes oferecendo a maior cobertura do mercado e qualidade no seu serviço. Os nossos fabricantes são empresas certificadas, tanto nos seus processos como nas suas fabricações, seguindo os requisitos da marcação CE. Os nossos fabricantes têm os melhores equipamentos nas suas fabricações para poderem fornecer as últimas gerações de vidro de camadas e laminados Guardian.

SOBRE A GARANTIA GUARDIAN

COMO É QUE POSSO RECLAMAR A GARANTIA DO MEU VIDRO DUPLO?

A garantia dos vidros duplos GUARDIAN SELECT tem uma duração de 10 anos a partir da data de fabrico e cobre a reposição dos vidros duplos caso se notem nos mesmos problemas de condensação ou sujidade na sua câmara interior. Para mais informações, pressione aqui.

A garantia afeta exclusivamente o fabricante do GUARDIAN SELECT, dado que o controlo da qualidade no fabrico e o cumprimento das exigências das normas de qualidade são da responsabilidade e compromisso do fabricante e a sua execução e controlo devem ser efetuados no próprio processo de fabrico.

A GUARDIAN SELECT COBRE A GARANTIA DA JANELA COMPLETA?

A garantia dos vidros duplos GUARDIAN SELECT tem uma duração de 10 anos a partir da data de fabrico e cobre exclusivamente a reposição do volume de vidro ou vidros duplos. No caso dos restantes componentes e instalação da janela deverá, com a sua fatura, entrar em contacto com a sua empresa de cerramentos ou instaladora de janelas.

SOLICITAR ORÇAMENTO

NECESSITO DE UM ORÇAMENTO DE VIDROS DUPLOS PARA O MEU NEGÓCIO (PARA FABRICANTES).

Para obter uma cotação pode entrar em contacto com os nossos fabricantes certificados. Encontre o seu fabricante mais próximo aqui.
Como alternativa, pode consultar a nossa delegação mais próxima da sua localização sobre o fabricante que mais se adequa às necessidades da sua instalação. Dispõe dos dados de contacto de cada uma delas na ligação seguinte.

NECESSITO DE UM ORÇAMENTO PARA JANELAS (PARA PARTICULARES).

A Guardian Select é a marca pertencente ao grupo Guardian Glass que licencia a melhor seleção de fabricantes do mercado. Para o fabrico de janelas, a Guardian Glass dispõe do programa Guardian Dealer, onde também selecionamos a melhor distribuição de fabricantes e instaladores de janelas. Convidamo-lo a visitar o nosso sítio da Internet www.guardiansun.pt onde encontrará o seu fabricante de janelas ou instalador mais próximo.

perguntas técnicas

POR QUE APARECEM INFORMAÇÕES PUBLICITÁRIAS COM VALORES "U" EM KCAL./M2 ºC E NOUTROS CASOS EM W / M2 K?

Só pode obedecer ao interesse de que, como o valor em Kcal. é inferior ao valor em W, aparenta prestações superiores quando na realidade não é assim. As Normas Europeias consideram o valor “U” (equivalência do valor K) em W / m2 ºK.

O QUE É A TRANSMITÂNCIA LUMINOSA?

É a percentagem de energia luminosa que se transmite através do vidro, proveniente do fluxo luminoso incidente.

O QUE É A REFLEXÃO LUMINOSA?

É a percentagem de luz reflectida, proveniente do fluxo luminoso incidente.

O QUE É O FACTOR SOLAR?

É a relação entre a quantidade total de energia que entra através do vidro proveniente do fluxo incidente. É a soma da transmissão solar directa, mais a absorvida pelo vidro e irradiada para o interior.

O QUE É A ABSORÇÃO ENERGÉTICA?

É a percentagem de energia solar que o vidro absorve e que gera um aumento de temperatura no mesmo. Este valor é indicativo do risco de quebra por choque térmico.

PODEM ESTABELECER-SE COMPARAÇÕES EM AVALIAÇÕES DE ATENUAÇÕES ACÚSTICAS?

Os ensaios de Laboratórios realizam-se de acordo com a Norma UNE EN ISO 140-3 para o isolamento do ruído aéreo (que se transmite através do ar). Os valores globais ponderados de índices de isolamento acústico calculam-se de acordo com a Norma UNE EN ISO 717. Os seus resultados expressam-se:

1. Índice de isolamento do ruído aéreo em Rw.

2. Rw + C = Índice ponderado de redução sonora ao ruído rosa; Rw + Ctr = Índice ponderado de redução sonora ao ruído do tráfego.

Pelo que se referiu anteriormente podemos dizer que os resultados assim obtidos podem comparar-se nos seus valores globais. Não obstante, em função da frequência (Hz) de emissão do ruído a atenuar, os índices são variáveis e os comportamentos dos diferentes materiais e composições dependem das frequências referidas.

COMO AFECTA A ESPESSURA DA CÂMARA AO ISOLAMENTO TÉRMICO?

A transmitância térmica (valor U) tem uma relação inversa com a espessura. Ao aumentar este, diminui a transmissão por radiação, pelo que o valor U diminui. Isto é válido até uma espessura de câmara de 15-18mm, a partir da qual as correntes de ar que se criam dentro da mesma aumentam a transmissão energética. Portanto, a espessura recomendada para a câmera é de 16 mm.

COMO SELECCIONAR A ESPESSURA DA CÂMARA NUMA UNIDADE DE VIDRO DUPLO ?

Independentemente da incidência do espessura da câmara no valor U (ver nota anterior), este deve estar relacionado com a espessura dos vidros, as dimensões e área dos mesmos, para garantir uma separação mínima entre vidros,a todo o momento.

QUAL A VANTAGEM DE UTILIZAÇÃO DE VIDROS DE CAPA?

Permitem um melhor controlo luminoso e energético, resultando num maior conforto e poupança.
Basicamente podem-se dividir-se entre controlo solar (reflectem a energia), baixo emissivos (reduzem a transmissão/perdas energéticas) e vidros de altas prestações ou selectivos que incorporam ambas as funções. Para conseguir o efeito baixo emissivo, estes vidros devem ser sempre incorporados numa unidade de vidro duplo.

QUE TIPO DE ESFORÇO SUPORTA O VIDRO DE UMA JANELA?

Basicamente a pressão (ou sucção) do vento. O método de determinação destes valores está indicado no Código Técnico da Edificação (CTE) e depende fundamentalmente da situação geográfica, altitude e exposição.

É VERDADE QUE UM VIDRO DE BAIXA EMISSIVIDADE PROPORCIONA MAIS FRESCURA NO VERÃO E MAIS CALOR NO INVERNO?

Um vidro de baixa emissividade por si só, não proporciona mais calor no Inverno nem mais frescura no Verão. A sua principal função é impedir que a energia gerada no interior (seja de frio e / ou de calor) se “escape” para o exterior, conseguindo dessa forma consumos energéticos menores e, portanto, uma poupança económica.

TEM IMPORTÂNCIA A POSIÇÃO DOS VIDROS NUMA UNIDADE DE VIDRO DUPLO?

No caso de incorporar vidros de capa (controle solar, baixo emissivos, etc.) e apesar de não ter geralmente grandes diferenças, as melhores prestações conseguem-se com a posição adequada e em nenhum caso a capa pode ser exposta ao exterior da unidade de vidro duplo.Se a unidade de vidro duplo incorpora vidros de segurança (laminados ou temperados), também se deve ter em conta.

COMO SE EVITA A CONDENSAÇÃO?

A condensação é um fenómeno físico que depende da humidade ambiental existente e da temperatura do vidro, portanto, podem sempre dar-se as circunstâncias para que se produza.

De qualquer forma, para reduzir o risco, pode-se recorrer ao uso de vidros baixo emissivos que fazem com que o vidro interior da unidade de vidro duplo se mantenha a temperaturas mais altas. Isto só é possível com sistemas de vidro duplo ou triplo.

COMO SE EVITA A DESCOLORAÇÃO PELO SOL?

O vidro laminado reduz a passagem dos raios ultravioleta, causadores da descoloração, em mais de 95%. Se se quer assegurar 100%, deve-se utilizar laminado com PVB mais espesso com sistemas de vidro duplo ou triplo.

Qual a influência da espessura do butiral de um vidro laminado na sua resistência mecânica?

A resistencia á quebra não é alterada, no entanto caso esta aconteça, o butiral atrasa e reduz a possibilidade de intrusão.

A RESISTÊNCIA DE UM VIDRO LAMINADO É IGUAL À DE UM VIDRO SIMPLES?

A resistência à flexão de um vidro monolítico é superior à de um vidro laminado de igual espessura total. A vantagem deste segundo vidro é que em caso de quebra, o butiral mantém unidos os fragmentos, o que contribui para uma maior segurança.

QUANDO É NECESSÁRIO TEMPERAR UM VIDRO?

Um vidro com alto índice de absorção energética, sob exposição solar, pode atingir temperaturas elevadas. Se o aquecimento não é uniforme -o que ocorre normalmente- as diferenças na dilatação podem quebrar o vidro. O vidro temperado admite maiores diferenças térmicas entre pontos próximos, pelo que é uma garantia perante este fenómeno, o qual se deve ter em conta quando a absorção supera os 40%. O polimento das arestas do vidro reduz o risco, enquanto a situação de sombras parciais sobre o vidro, existência de cortinas próximas, etiquetas, zonas cegas, correntes de ar frio, etc. são situações que o potenciam.

QUE EFEITO TEM A HUMIDADE SOBRE O VIDRO?

Geralmente o vidro tem uma alta resistência à acção da água e à atmosfera. No entanto em determinadas condições, o vidro pode ser atacado, especialmente por soluções alcalinas. Em chapas agrupadas, a água pode introduzir-se por capilaridade, atacando ligeiramente a superfície com o resultado de uma solução sódica que por sua vez, atacará o vidro. Assim, o vidro com marcas de humidade deve ser lavado e seco antes do armazenamento em local seco.